Do presídio para a mesa: horta em Caratinga produz 1 tonelada de alimentos por mês

Do presídio para a mesa
Do presídio para a mesa: horta em Caratinga produz 1 tonelada de alimentos por mês

Detentos plantam ume cuidam de verduras e legumes que são doadas a entidades filantrópicas do município

Em um terreno de 400 metros quadrados, quatro detentos do Presídio de Caratinga, no Vale do Rio Doce, se revezam de domingo a domingo para cuidar da horta da unidade prisional. Por mês, mais de 1 tonelada de verduras, frutas e legumes sai do local direto para instituições que atendem pessoas em situação de vulnerabilidade social. São quilos de couve, alface, almeirão, cenoura, beterraba, jiló, pimentão, espinafre, abobrinha, melancia, mamão, entre outros.

A produção, totalmente orgânica, é doada para quatro instituições: Lar Das Meninas, Instituto Amigos dos Meninos Assistidos de Caratinga (Amac), asilo Recanto dos Idosos Pastor Geraldo Sales e Hospital Nossa Senhora das Dores. Os alimentos são entregues às instituições semanalmente.

Para a diretora-geral do presídio, Maria Alice Mendes Gomes, a realização de um trabalho que beneficia todos os envolvidos é motivo de orgulho para toda a equipe. “É muito gratificante quando podemos contribuir com o próximo, ainda mais com entidades que precisam desse apoio. O reflexo também é muito positivo na unidade prisional, pois os detentos se sentem motivados nos cuidados das hortaliças, sabendo que o fruto do trabalho deles está ajudando muita gente lá fora” afirma.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no google

ÚLTIMAS

Endereço

Belo Horizonte – Minas Gerais

Apolo Sites © 2021 | Todos os direitos reservados.